A América Latina deixa sua marca na BlizzCon!

Após um ano repleto de combates, os maiores jogadores de cada franquia se reuniram na BlizzCon 2017, onde competiram para descobrir quem é o melhor entre os melhores. A América Latina teve uma participação importante nas competições e alcançou resultados históricos.

ptbr-BlizzConRecap-Special.png

O terrano mexicano Juan “SpeCial” Tena chegou às semifinais após derrotar os coreanos Kim “Stats” Dae Yeob e Jun “TY” Tae Yang, dando mais um passo em direção ao seu sonho. Com um início surpreendente, SpeCial não teve problemas em assegurar seu lugar nas semifinais, onde enfrentou Eo “soO” Yoon Su. Infelizmente, seu rival teve uma noite melhor e a bandeira latino-americana não pôde ser hasteada em um lugar mais alto do pódio. O grande campeão ao final da noite foi Lee “Rogue” Byung Ryul, concluindo mais um ano espetacular.

ptbr-BlizzConRecap-Unitas.png

Ao mesmo tempo, os bravos gladiadores da Unitas Black mostraram o poder de sua unidade no Campeonato Mundial de Arenas de World of Warcraft. A equipe lutou frente a frente contra os melhores do mundo, representando de forma digna a América Latina, onde mesmo sem chegar as finais, mostrou a todos do que é capaz. No fim, a ABC levou o primeiro lugar e o título de melhores gladiadores do mundo, após derrotarem de maneira incontestável a Panda Global.

ptbr-BlizzConRecap-MVP.png

Enquanto isso, no Nexus, a Red Canids, sofreu um grande impacto ao ser eliminada na fase de grupos. Mais tarde, a Grande Final foi disputada entre os dois favoritos, a MVP Black e a Fnatic. Ambas as equipes nos forneceram um espetáculo épico e cheio de emoções. A Fnatic ter aberto o placar foi apenas o começo de uma grande noite, pois a MVP Black estava preparada para dar a volta por cima e partir para o contra-ataque. No fim, nossos MVP’s levaram o primeiro lugar, deixando sua marca na história do Nexus.

ptbr-BlizzConRecap-SK.png

Enquanto tempestades se formavam no Nexus, espadas colidiam na Arena e canhões eram disparados no setor de Koprulu, nossos heróis da Copa do Mundo de Overwatch faziam o estádio vibrar com suas jogadas sensacionais, em um evento que reuniu as 8 nações mais fortes do mundo.

Ver Overwatch sendo jogado em seu mais alto nível é algo épico. Dito isso, não vamos nos esquecer da série Córeia do Sul contra Estados Unidos, que será lembrada pelo empate em Hanamura e as incríveis séries de abates de FLOW3R e SINATRAA.

A Final foi decidida após a Coréia do Sul alcançar uma vitória espetacular contra o Canada, levando seu segundo título da Copa do Mundo de Overwatch para casa.


Se você ainda quer mais eSports, não perca tempo e siga as nossas redes sociais da Blizzard eSports Brasil para ficar por dentro de tudo que ocorre no seu jogo favorito.